Homossexuais: Ordem diz que há casos clínicos reversíveis - Portugal - DN

Homossexuais: Ordem diz que há casos clínicos reversíveis - Portugal - DN

E eu digo que há gente que precisa de ou ir para a reforma mais cedo ou então de mudar de profissão. A homossexualidade é tão reversivel quando a heterossexualidade. Pergunto se algum heterossexual já tentou ser homossexual com sucesso? Pergunto se algum homem ou mulher já decidiu que havia de ser homossexual só porque sim?

Mas esta gente é toda burra ou será que só comem palha? Francamente, isto é claro caso não de homofobia mas pura e simples demagogia e falta de conhecimento dos assuntos que falam. Estes pareceres e estas opiniões completamente patéticas fazem-me lembrar os estudos que querem fazer crer que o aquecimento global é fruto da flatulência bovina... Deus nos livre então dos indianos e chineses se lembrarem de sofrerem de flatulência então... Bem que morríamos todos ou a Terra sairia da sua órbita actual.

Voltanto ao assunto, gostava de saber se, os supostos homossexuais tratados ou, como diz a notícia, revertidos, se testados e submitidos a imagens homoeróticas se deixariam de ter uma reacções a elas... Deixaram tanto de ter como um heterossexual masculino deixaria de ter se visse algo deste género:



Agora que 3/4 dos meus leitores masculinos foram a correr buscar um saco de gelo para por nos seus genitais, continuo. Estas opiniões verdadeiramente anedóticas deviam pagar imposto. Sim porque com o deficit português e a quantidade de gente a proferir semelhantes coisas é um erro deixar passar estas receitas.

Mas quando é que será que esta gentinha intelectualmente desprovida do número de sinapses necessárias à sua profissão deixa de dizer tanta asneira? Tentem converter um heterossexual em homossexual. No dia que conseguirem eu passo a acreditar também que há homossexuais passiveis de serem "casos reversíveis". Até lá desafio qualquer psiquiatra a comprovar-me com dados CIENTÍFICOS e não meramente coisas inferidas por aquilo que acham que vêem no dia-a-dia da sua profissão, que é possível mudar a orientação sexual seja de quem for.

Haja paciência.

11 comments:

Wegie said...

Meu Caro: Mais grave do que isto tudo é a Ordem dos Médicos continuar a considerar a uma doença (uranismo era o nome que lhe davam nas teses de licenciatura da FMUP).
Na 10.ª Revisão da Lista de Classificação Internacional de Doenças (CID-10) o homossexualismo foi eliminado mas desconfio que as mentes brilhantes da OM só conheçam ainda o CID-6 de 1948 que na Categoria 320incluia a coisa como Personalidade Patológica, como um dos termos de inclusão da subcategoria 320.6 Desvio Sexual.Ou etnão ainda se deliciam com as teses sobre o Uranismo muito populares na Escola Médico-Cirúrgica do Porto entre 1890 e 1910 Motivo? A crise politico económica que o país vivia. GRANDE PARTE DOS AUTORES SOFREREM DO MAL.

Lelé Batita said...

Elenáro
Não me peças que tenha paciência!
Tenho alguma compaixão para com os tolos, mas paciência com os convencidos e arrogantes, não!
Donos da verdade esclarecida e absoluta são os inquisidores dos tempos modernos.
Subscrevo por completo a tua indignação.
Abraço.

Em@ said...

Ri-me com o saco do gelo...ri-me dessa velha teoria a querer renascer e pergunto-me: Será do Natal?

Estás bem?

:))

Elenáro said...

Wegie, se for o de 1948 ainda não estamos assim tão mal... :P

Lelé

Chama-se não ter nada melhor para fazer e, em muitos casos, uma necessidade de mostrar que se faz alguma coisa.

Em@

Do Natal? Não, isto nunca chegou a morrer. Isto sempre houve agora que se fala no casamento (eu gosto mais de vrenhak) é que isto passa a ser noticia. Chama-se vender noticias. E como em Portugal fizemos um hábito de nos pormos na cama dos outros (fruto de muita telenovela e programas dumas senhoras com nomes de santas e seus congéneres da concorrência) agora há que fazer render o peixe com isto.

Já não há problemas com os professores, a crise não passou mas também já não vende (nem convém que se fale muito dela), da Maddie não se pode falar porque senão aparece logo a censura de dois bifes mal passados... Resta o casamento, mas como falar de homossexualidade é algo impensavel e dum atrevimento sem limites há que partir para aquilo que em Portugal se faz de melhor: mal-dizer.

E pronto tens a receita para o "ressurgimento" desta coisa.

E sim, estou bem. XD Obrigado Em@!

Em@ said...

É do Natal, sim, Elenáro.
No Natal fala-se da família tradicional (mas no fundo, a que se venera nesta altura até...), do nascimento dum menino, por acaso obra e graça do divino espírito santo e escorraçado pelo poder daquele tempo...mas tu ainda não percebeste que há muito medo no ar???Que ainda se copie alguma coisa do Natal e daquela família tão diferente do tradicional?
Ele(as) não dão ponto sem nó.

Fico contente que estejas bem!

Ramiro Marques said...

Feliz natal, Elenáro

Em@ said...

Elenáro:
Mandei-te um postal.:))
Saúde, Paz e capacidade para inventar dias mais claros.
Beijinho

Miguel Loureiro said...

Elenáro
Bom Natal!

adolescente gay said...

LOOOOOOOOOOOOL Há gente tão parva ... :S
LOL, eu pertenço aos 3/4, que fui buscar um saco de gelo para os genitais!! LOOL Maravilhoso!! xD
Feliz Natal!! :D
Beijinhos e porta-te mal!! ;)

Cristina Ribas said...

Feliz Natal, Elenáro!

Elenáro said...

Obrigado a todos! Um excelente Natal para todos também!