Professores portugueses têm dos horários mais carregados - Portugal - DN

Professores portugueses têm dos horários mais carregados - Portugal - DN

Apenas venho comentar um ponto da notícia. Como contabilizar o tempo total de trabalho de um professor? Há quem defenda que as horas de trabalho em casa devem ser contabilizadas, por exemplo. Eu acho isto um mau caminho. De facto, há que contar o tempo TODO que um professor trabalha mas só aquele que é feito na escola. Antes que alguns comecem já a bufar, deixem-me esclarecer que, para isto sou totalmente a favor do que é dito na peça sobre o método de trabalho dos países nórdicos; não há trabalho de casa.

A questão que se põe é como é possível fazer o trabalho na escola com as devidas condições de paz e sossego. Hoje em dia, pondo isto de uma maneira simples, não há condições para isto. Contudo, já que se anda a gastar uma pipa de massa na modernização das escolas, porque não criar locais próprios para este efeito? Salas de professores maiores e com fácil acesso a uma biblioteca da escola - que as há - e material informático adequado ou então, adoptar o método das Universidades em que os professores têm gabinetes (individuais ou partilhados com dois ou três colegas) com acesso à Internet e computadores? Parecia-me dinheiro melhor gasto que andar a dar Magalhães para os putos andarem a ver o YouTube... Também me parece que resolve o problema da carga horária de um professor pois esta faz o trabalho à vista de todos e de forma a poder ser fácil e claramente contabilizada.  

4 comments:

Vitor Manuel said...

Devia era ser como na China, 12 horas por dia, 7 dias por semana... Isso sim seria trabalhar! Ah! Só malandros neste país. É trabalhar que há muita gente p'a receber o rend. mín.

Keixem-se keixem-se que se Eu fosse 1º ministro vcs até perdiam o pio, mas cm sou mt boa pessoa apenas escrevo comentários

:P

Martins said...

Bom dia Elenáro

Elenáro said...

Mauzinho Vitor... Andas com o mau feitio ligado. Mas em parte tens razão e é algo que eu não me canso de dizer.

Pode-se comparar professores portugueses com outros e chegar a conclusões do tipo da noticia mas se formos a comparar professores com outras profissões qualificadas se calhar percebe-se que os primeiros nem estão assim tão mal.

É preciso ter cuidado pois as coisas são um pouco relativas dependendo de onde se olha.

Elenáro said...

Olá Martins. Tens andado desaparecido... :p