Truly a Single Movie

Um filme que vale a pena ver. Sublime. O que me leva a dizer isto? Simples. É um filme que não pretende defender nada nem ninguém. Contrariamente a outros do género que se preocupam em ser uma mensagem de alerta este limita-se a contar uma história, porventura diferente daquelas a que estamos habituados.

Um excelente filme para quem o ousar ir ver. E se serve de alguma coisa, posso dizer que me arrebatou como já não me arrebatava um filme desde...

Conta com uma excelente actuação de Colin Firth, o qual tem aqui, sem dúvida, o papel da sua vida (até ao momento).

Uma amostra que poderá interessar também a quem leu o livro, já que esta cena é original.


E para apimentar ainda mais, um exemplo da excelente banda sonora que nos acompanha durante o mesmo filme.

Deixo também o trailer.

4 comments:

Em@ said...

Já tinha lido as críticas. Fiquei assim, levemente, interessada.Agora com a tua opinão, mais interessada fiquei.
Merci pela dica.

Em@ said...

Já tinha lido as críticas. Fiquei assim, levemente, interessada.Agora com a tua opinão, mais interessada fiquei.
Merci pela dica.

Lelé Batita said...

O filme é espectacular; mas ao mesmo tempo é discreto e despretensioso, embora tocante.
Gostei muito e penso que marcará futuramente como um filme de culto.

Elenáro said...

É essa "bipolaridade" do filme que o faz ser tão apelativo. Não tenta ser nada. Tenta apenas contar uma história.

Como tu dizes é discreto e despretensioso mas ao mesmo tempo entra na alma de quem o vê.

E concordo, será um filme de culto.