Matar a regionalização?! Não! Ela já morreu há muito!

Matar a regionalização - Opinião - DN

Um artigo a não perder. O único acrescento que lhe faço é que não foi Sócrates que a matou. Quem a matou foi Cavaco que a devia ter feito na altura e não fez porque não queria perder o dinheiro para Lisboa e Vale do Tejo. Quem veio depois limitou-se a empurrar para a frente com a barriga e não a fazer. Até Guterres que levou o país a um referendo sobre ela, mostrou que o verdadeiro interesse era matá-la e não fazê-la. Resta saber porquê. Aliás, não deixa de ser curioso que não haja um único político com a regionalização como tema urgente a tratar. É interessante ver que, apesar de o povinho acha que aquilo vai ser um montão de tachos novos a criar e, assim sendo, os políticos ainda não a tenham feito! Isto sim, é algo digno de ser analisado ao detalhe. Se, de facto, a regionalização vai dar tanto lugar a tanto membro partidário porque não avançam os políticos com ela?

Pois... A resposta será por ventura bem mais complicada e não irei agora aqui desenvolver isto. É óbvio que a regionalização trará mais cargos políticos. Mas também é óbvio que acabará com outros tantos. Estranho porque os portugueses (a julgar pelos comentários no artigo) continuam a não querer uma regonalização onde escolheriam quem punham no tacho para lhes tratar da sua região mas, no entanto, insistem e aceitam manter no poleiro uns quantos governadores civis que não são eleitos e nada fazem por poucas competências lhes serem dadas por lei.

Há muitas razões que se podem apontar para não fazer a regionalização. Pessoalmente acho que são todas balelas mas aceito que possa haver quem as defenda. Agora, quando me falam na questão dos tachos... Tachos já há muitos e muitos são fora o "estado" propriamente dito. Aliás, os apontados tachos do poder autárquico são, na realidade, aproveitados por gentinha que não tem onde cair morta e não por amigos do poder. Resta-me questionar se, quem fala nos tachos como razão para não se fazer a regionalização, fala por pura ignorância, interesse próprio ou pura imbecilidade...

2 comments:

Miguel Loureiro said...

Elenáro
Como é que o poder central vai regionalizar, se estão todos em Lisboa, rapam do tacho de cada Região, sobretudo do Norte e ninguém os chateia porque não há contra poder regional?
Além do mais, em Lisboa são lisboetas e nas suas Regiões seriam mais uns bananas, com os eleitores sempre à perna.
Mas um dia há-de chegar, nem que tenhamos que por uma cunha à Sra. Merkel...

Elenáro said...

Sem dúvida Miguel. Eu também acho que será inevitável.